BlindTec editorial – considerações sobre o leitor de bios

Salve, galera!

Depois de termos analisado a questão do leitor de BIOS quando o produto estava sendo vendido, fazemos agora uma reflexão sobre o desenrolar dos acontecimentos, aliás bem previsíveis.

Assim, continuamos a informar e ajudar a formar nossos ouvintes para que saibam se posicionar a respeito do ocorrido, através de uma conversa leve e descontraída onde estamos mais preocupados em ajudar cada um a formar a sua própria opinião do que em repercutir conversas já prontas sobre o assunto que atualmente circulam pela internet a fora.

Logo após o editorial, repetimos o trecho do episódio 14 da BlindTec, para aqueles que quiserem ouvir o que dissemos há mais de um mês atrás, quando o produto estava sendo vendido.

Por fim, e-mails e outras sugestões de pauta enviados no período que abrange os últimos 4 episódios, quando eu estava em férias, serão tratados na próxima edição do podcast do portal BlindTec.

Aproveitem, e boa reflexão informativa para todo mundo

© Copyright BlindTec 2016 - 2019, todos os direitos reservados.
Para mais detalhes, consulte a página de direitos autorais do portal.
Gostou do post? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Share on LinkedIn
Linkedin

2 comentários

  • Boa noite Marlon.
    Descobri este site há pouco tempo e, desde então, venho acompanhando os podcasts.
    Todos são ótimos mas este é um dos melhores que eu já ouvi, tanto pela explanação do assunto, com a qual eu concordo plenamente, como pelo show de interpretação que você deu na reprise do podcast que trata do assunto do leitor de BIOS. Adorei!
    Parabéns e continue este trabalho, pois você e sua equipe estão, na minha opinião, fazendo um trabalho inovador entre os cegos brasileiros.
    Saudações, Patricia.

  • Pingback: Descobrindo o Talkback, por um usuário de VoiceOver - parte 1 - BlindTec

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda o desafio abaixo * Tempo limite espirado. Por favor recarregue o desafio