BlindTec 21 – Usando o guia de voz das Smart TVs Samsung

Salve, galera!

Nesse episódio, Marlon Sousa (Splyt) faz um review completo da configuração e uso de uma Smart TV Samsung com o uso do guia de voz, recurso que faz com que grande parte das funcionalidades do aparelho sejam acessíveis a deficientes visuais.

Além disso, falamos muito da relação entre a Apple TV, o Chromecast e as smart TVs , explorando casos de uso e refletindo sobre o que de fato precisamos na hora de usar nossas TVs com autonomia,

E, de lambuja, todo o diálogo apresenta uma trilha sonora homenageando desenhos animados, exibidos sobretudo na TV Cultura principalmente na segunda metade dos anos 90.

E você, tem alguma outra tv acessível? Está pensando em comprar alguma?

Deixe seu comentário no post e vamos abrir a discussão sobre o assunto!

links úteis

Saber o que funciona ou não funciona quando estamos procurando por acessibilidade em TVs é sempre um desafio. Dos poucos links que eu encontrei, esse ,
do site da própria Samsung, é o único que ajudou um pouco a desvendar o funcionamento do guia de voz …

Resumo da ópera

O modelo que analisamos é o UN40J6020, modelo que, segundo o vendedor, foi feito exclusivamente para a rede de lojas onde a compramos.

Entretanto, testamos rapidamente o guia de voz em outros modelos e o comportamento parece ser o mesmo entre eles.

Apesar de termos tentado muito, não conseguimos ativar o guia de voz na parte inicial da configuração, o que fez com que dependêssemos de ajuda para estrear nossa própria tv.

Por outro lado, uma vez a tv configurada, os menus, guia de programação e demais opções foram lidos satisfatoriamente.

A voz usada no leitor de telas é por vezes de difícil compreensão e tem muitos bugs de pronúncia. Mesmo assim, com um tanto de boa vontade, é perfeitamente possível utilizar os recursos.

As funcionalidades smart (apps e exibição de mídia armazenadas em outros locais) apresentaram um desempenho bem irregular. Todos os apps que tentamos se mostraram inacessíveis, mas os recursos de acesso a mídias externas funcionaram bem.

No fim das contas, uma Smart tv aliada ao Chromecast ou a Apple TV deve atender a boa parte das necessidades de um típico usuário. Se a Samsung evoluir o guia de voz e trabalhar com os desenvolvedores afim de ter uma boa quantidade de apps acessíveis para a plataforma, as TVs poderão vir a ser suficientes, sem que seja preciso usar outros gadgets. Esperamos que isso possa vir a acontecer um dia, pois quanto mais produtos pudermos ter completamente acessíveis tanto melhor.

© Copyright BlindTec 2016 - 2017, todos os direitos reservados.
Para mais detalhes, consulte a página de direitos autorais do portal.
Gostou do post? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Google+Share on LinkedIn

46 comentários

  • Alguns modelos das tvs Panasonic e da sansung que possuem o recurso de acessibilidade voice guidance e sony com android:
    Panasonic:
    WT60, ZT60, WT50, VT60, VT50, DT60, GT60, GT50, ET60, ET50, ET5, ST60, ST50, E6, FT60.
    Observação: os modelos das linhas AS600B e AS610B possuem a função de orientação por voz apenas dos recursos básicos, já os modelos da linha AS700B possuem a orientação por voz dos recursos básicos, conteúdos exibidos em sites, mensagens nas redes sociais etc
    Nestas tvs a voz é a Raquel.
    Sansung:
    Smart TV Ultra HD 4K LED 55″ 3D UN55F9000AG
    Smart TV LED 32” Full HD UN32J5500AG
    Smart TV LED 60” Full HD UN60J6300AG

    Sony:
    49387F 4K com android

    • Jeofilho,

      Obrigado pelo comentário.

      Você possui alguma dessas tvs?

      Eu estou bem curioso para ter uma review do funcionamento delas. Tendo o Android, como elas funcionam em termos de apps? Rodam as versões de celular dos aplicativos de youtube, Netflix, entre outros? De maneira acessível?

      Como funciona o gerenciamento de mídia armazenada remotamente?

      Essas TVs estão sendo comercializadas no Brasil? Você sabe se existe alguma loja em que seja possível fazer testes com elas?

      Existe alguma indicação sobre quais modelos seriam mais apropriados tendo em vista o custo e o benefício em termos de acessibilidade?

      Valeu por compartilhar essa lista de modelos com os ouvintes e leitores da BlindTec!

      • Marlon,

        No site da Sony tem tvs de vários tamanhos e para vários bolsos com android, você poderia falar com o departamento de RP da empresa para fazer testes, que tal?

        Sobre os aplicativos de controle remoto para smartphone, já testou algum? Como funcionam?

        Abraço, continue com o excelente trabalho

        • Jivago,
          Os aplicativos de controle remoto nada mais é de que um controle remoto onde você passa o dedo sobre as teclas e o leitor de tela do smartphone lhe fala o nome das teclas.
          Para usar você precisa ter um aparelho que tenha infravermelho, ou se tiver uma smart tv há alguns que funcionam pelo wifi, mas isso depende das funções da smart.
          Tenho um galaxy s5 e ele tem infravermelho, uso com frequência aplicativo de controle remoto, tem o da própria sansung, mas também há aplicativos de terceiros que você pode instalar.

    • GARROLICI DE FATIMA PEIXOTO DE ALVARENGA

      Gente, como faço a áudio descrição funcionar na minha TV Samsung 40″
      ? Un40J6400agxzd
      Tenho um filho cego e o guia de foz já
      Conseguimos.
      Agora utilizar a áudio descrição nada.
      Em tv aberta antena Digital coletiva do prédio.

      • Olá Garrolici,

        Na demonstração eu falei sobre como ativar a audiodescrição .. ainda estou tentando encontrar uma tecla única tipo SAP que seja capaz de fazer isso mas o caminho que eu sei por hora foi o que eu mostrei.

        Obrigado pelo comentário e se descobrir algo mais simples por favor fale para nós.

  • Olá.
    Já tive uma da Panasonic, mas a minha era a que tinha o leitor de tela com funções básicas, na época que comprei ainda não tinha tanto conhecimento sobre os modelos da Panasonic. A que eu tinha lia as funções do menu principal, funções da tela de início, o nome do canal, quando mudava de canal, o volume,etc, não lia o menu de configurações. A credito que as novas tvs da panasonic com o guia de voz que estão no mercado hoje seja as que tem o guia de voz com a versão mais completa. AS da panasonic o leitor de tela usa a voz da Raquel, a voz tem boa qualidade, com certeza a qualidade da voz é melhor do que a tv da sansung que você fez o review.
    Da panasonic é recomendável comprar modelos a partir da linha AS700B.
    E para quem quer tvs com acessibilidade que sejam mais baratas em primeiro lugar deve pesquisar sobre as da panasonic que vem com o guia de voz, como citei pesquisar os modelos a partir da linha AS700B, que o guia de voz está mais avançado. Com certeza modelos da panasonic que tem o guia de voz a pessoa deve encontrar tvs com preços bem mais acessíveise tela menor, já encontrei em sites tvs da panasonic com guia de voz até de 32 polegadas e pelo que lembro o preço era cerca de R$1100 a R$1300. E essas da panasonic são fáceis de encontrar em lojas físicas para testar, se o vendedor não tem muita certeza do modelo basta pedir para ele entrar no menu principal, depois… Não lembro bem mais acho que o próximo menu seria o menu áudio ou sistema, não lembro bem… Só lembro de certeza que o nome do leitor que está no menu é “guia de voz”
    Uma dica, para quem vai pesquisar pela internet, pesquise por tvs da panasonic que tenha um preço que caiba no bolso, anote os modelos, depois entre no site da panasonic e baixe o manual e verifique se tem o guia de voz, se tiver o guia de voz nos manuais das tvs da panasonic terá a descrição dessa função. Depois com os modelos em mão vá nas lojas e procure essas tvs para testar todas as funções do guia de voz antes de comprar.
    Quanto a sony com android, já li relatos nas listas de pessoas que compraram, e relataram que é muito acessível, já vem com talkback instalado, até os próprios aplicativos que não são do android que são próprios da sony são acessíveis. Quanto aos aplicativos de terceiros, a acessibilidade é a mesma dos smartphones com android, ou seja, youtube,netflix, facebook, etc são acessíveis. Para acessar mídias externas, na google play tem uma infinidade de aplicativos que fazem esta função e poderás instalar na tvs, um gerenciador bem completo é o aplicativo ES file exploer.
    Esse modelo que citei acho que é o único que a sony lançou com sistema android no Brasil, deves encontrar em lojas da sony ou parceiras para fazer seus testes.
    A da panasonic com android não é recomendável, li o relato de uma pessoa que comprou, a panasonic modificou muito o sistema android dessa smart tv que não lembro o modelo agora.
    Não me interessei mais de comprar smart tvs com guia de voz, pois tenho um chromecast de segunda geração e ele atende todas as minhas necessidades e da minha família.

    • Só corrigindo um comentário, havia citado tv panasonic com android modificado, mmas na verdade a outra tv com android que queria citar é a smart da Philips 55PUG6700/78 que a Philips lançou no Brasil mas com um android bem modificado.

  • Vanderson Pessoa

    Se não me engano a lg lançou no brasil uum modelo com Android. Mas não sei se é acessível.

    • Eu acredito que a LG ainda não lançou tv com android, pelo menos no Brasil. Havia rumores de que ela estava preparando uma tv com android tv mas acho que ainda não concluiu o projeto.
      O sistema que as smarts da Lg utilizam hoje é o webOS.

  • Com android a da sony é a mais indicada para quem tem condições de comprar, um amigo já foi uma vez numa loja testar a da sony e me mandou o áudio que ele gravou fazendo o teste, tudo que ele testou estava acessível. Não tenho mais o áudio. E para usar com teclados externos ficará bem fácil, pois o talkback tem opções para personalizar atalhos para os gestos em teclados físicos.

  • E as da panasonic com o guia de voz, tem várias demonstrações dessas tvs no youtube, basta ir na pesquisa do youtube e digitar:
    panasonic guia de voz
    Vai aparecer vários vídeos demonstrativos.

  • Sobre a ativação do guia de voz nas tvs da sansung, o que eu já li nesses manuais de tvs da sansung que tem o guia de voz é que se deve apertar uma tecla e manter ela precionada para ativar acessibilidade. Só não consegui identificar nesses manuais qual é essa tecla no controle pois tinha uma imagem.
    Você já tentou nas várias teclas do controle precionar e manter precionado por uns 8s para ver se ativa?

    • Geofilho,

      Uma infinidade de coisas para comentar sobre suas observações.

      Em primeiro lugar, agradeço outra vez pelas dicas e ajudas.

      Procurar por demonstrações no youtube foi uma boa sugestão e eu vou pensar nisso se precisar fazer novas pesquisas.

      Você citou uma série de tvs e modelos, alguns tendo Android com modificações e tendo recursos chamados de guia de voz. Fico me questionando se o talkBack é o leitor usado qual seria a razão de o nome do leitor de telas ser guia de voz e, se não for o talkback, qual a garantia de que os apps tenham o mesmo nível de acessibilidade que o talkback provê se estiver sendo usado.

      Fico, também, me perguntando a razão de alguém gravar áudios de demonstrações de recursos de TVs em lojas, o que é bem complicado porque lojas são ambientes bem corridos e com muito ruído externo e depois não divulgar essas gravações em algum portal .. seria muito esforço para nada em troca mas em fim as pessoas são livres para fazerem o que melhor lhes parecer eu acho.

      Quanto ao modo de ativar o guia de voz, tentei sem sucesso apertar e segurar uma série de teclas mas nem todas elas. Entretanto, sendo esse um recurso fundamental de acessibilidade, nada justifica o fato de uma eventual maneira, se existir mesmo, de ativar esse recurso estar documentada em algum local profundamente intrincado em uma página qualquer do manual da tv e, ainda assim, estar representado por uma figura.

      Alguém imagina pessoas videntes procurando dentro de diversos manuais uma maneira de ligar um modelo qualquer de aparelho? Isso não é aceitável. Similarmente, não deveria ser aceitável para deficientes visuais ter que baixar manuais e ficar escarafunchando por maneiras de ativar ou desativar leitores de tela em TVs ou qualquer outro tipo de aparelho, de que fabricante for.

      Sei que você fez isso por não haver outra maneira, mas as fabricantes precisam se atentar ou chamar alguém que saiba como fazer a divulgação correta desse tipo de material para colaborar com elas no intuito de fazer aparelhos acessíveis, pois de nada adianta construir acessibilidade sem distribuir o conhecimento necessário para usá-la.

      Na loja, eu não podia gastar o tempo do vendedor tentando infinitas combinações exóticas de teclas para tentar ativar ou desativar o leitor. Isso não é justo e não é digno nem com ele e nem com a gente. Tentei pressionar e segurar a tecla menu, a tecla mudo e os volumes e as demais coisas que consegui na internet mas nada resolveu. Essas combinações são as mais óbvias e, na falta delas, me resignei a pesquisar depois com mais calma outras possibilidades e essas pesquisas também não resultaram.

      De maneira similar, consultar manual por manual de aparelho por aparelho de todas as fabricantes para ver qual tv tem eventualmente um leitor de telas instalado também me parece bem discriminatório para ser leve.

      Essa informação junto com o mínimo de passos necessários para ativar um eventual leitor de telas deveria constar na página principal de acessibilidade de qualquer fabricante para qualquer aparelho, isso assumindo-se que as fabricantes ao menos se preocupem em ter uma página voltada para o assunto.

      Recomendo que vocês tentem entrar em qualquer página de fornecedores de aparelhos eletrônicos e coloquem um /accessibility (por que se preocupar em ter páginas em Português certo? ) da url e vejam os resultados.

      Mas preparem-se para encontrar na maioria das vezes sites bem confusos, dentre as fabricantes que se preocuparam em ter um site facilmente encontrável por essa url …

      Me desculpem os desabafos. Tem horas em que ficamos desgastados com essa quase que eterna luta para termos uma vida o mais normal possível.

      Muito obrigado a todos por estimularem a discussão do tópico e colaborarem com esse assunto. Se tiverem mais idéias ou dúvidas continuem postando e a gente vai conversando.

      • Oi Marlon,
        bom dia. Bom, primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pela demonstração. Há tempos que gostaria de ver uma demonstração do guia de voz da Samsung e ainda não tinha tido oportunidade Também não conhecia o podcast. Adorei! Vou passar a acompanhar e divulgar. Continue com ele, por favor. E sempre que puder, faça demonstrações como essa pra gente..
        Bom, vamos lá esclarecer umas dúvidas suas: as TVs com Android da Sony possuem sim o TalkBack. As que possuem um tal de guia de voz também são as da Philips, que aliás não recomendo. Sou a pessoa que o Geofilho comentou acima, que fez várias críticas a marca. O Android da Philips é extremamente modificado. Tanto, que o TalkBack está disponível na Play Store, mas não é possível instalá-lo nem com reza braba nessas coisas! Não consigo nem chamar aquilo de TV. O sistema é fechadíssimo. Nem apps de fora da Play é possível instalar. O guia de voz lê o básico do básico. Não é possível nem desinstalar um app com independência, por exemplo, quanto mais usá-los. Relatei o problema a Philips, mas nada fizeram. Até tentaram ajudar, me enviando uma versão beta ainda do sistema para eu instalar pra ver se o problema já tinha sido corrigido, mas estava a mesma m. O Google nada pôde fazer, ou nada quis, na verdade, já que por se tratar de uma parceira, podiam muito bem impedir modificações na parte de acessibilidade do Android. Mas enfim… Acabei devolvendo a TV.
        Agora vamos as da Sony: foi a primeira fabricante a disponibilizar Android TVs no Brasil, e a primeira que comprei, em 2015. Era relativamente acessível. O TalkBack já vem instalado, os apps da Google são completamente acessíveis, os da Sony mais ou menos, mas também tinha acesso a grade de programação, configurações… Só não conseguia fazer algumas sozinho, como a sintonia de canais, por exemplo, nem o TalkBack falava o número e o nome dos canais como na sua da Samsung, mas depois que eu devolvi ela o Google liberou um app próprio pra gerenciar canais e esse tipo de configuração, então talvez isso tenha sido sanado bastando instalar o app, ou quem sabe o app nativo da própria Sony ficou acessível… Quem sabe. Só testando. Procurando posteriormente, a versão pura do Android para TVs permite ativar o TalkBack com independência logo na primeira vez, com um atalho que esqueci agora. Como não tinha esse conhecimento na época, não pude testar se funciona no Android da Sony. Na Philips é claro que não funciona. Eu devolvi a TV porque ela veio com um probleminha… Não estava atualizando o sistema de jeito nenhum. Sempre dava erro. O suporte da Sony disse que poderia ser um problema numa das placas e, como estava achando a TV muito lenta com o TalkBack, muito mesmo, resolvi devolver e pegar a desgraça da Philips, que acreditava ser bem melhor. Esse ano lançaram uma nova geração de Android TV. Não testei, mas como melhoraram o hardware, espero que essa lentidão tenha melhorado. Posteriormente também fiquei sabendo que ela permite a instalação de apps de fora da Play, então dá pra instalar algumas vozes e apps que não estão na loja. Me parece também que o Shineplus já funciona em Android TV, sendo mais uma opção.
        Enfim, espero ter esclarecido tudo. Qualquer coisa é só perguntar. Ah! E antes que eu me esqueça… Que eu saiba, só temos Android TV no Brasil através de Sony e Philips mesmo, por enquanto. Ou não.

        • Marcus,

          Muito obrigado por responder e elogiar o podcast.

          A gente já gravou muitas demonstrações e eu ficaria bem feliz se você ouvisse e comentasse alguns episódios já produzidos, pois feedback é sempre importante.

          Agradeço também antecipadamente pela divulgação e o convido a, se achar interessante, escrever ou gravar materiais que a gente publica também.

          Tenho apenas uma dúvida sobre o seu comentário. Pelo que eu entendi, a sua experiência com a Philips não pode, sobre nenhum critério básico de acessibilidade, ser considerada aceitável.

          Mas, mesmo com a Sony, eu entendi que da sua experiência o Android TV não pode ser considerado acessível, pois usar algo muito lento fica pouco prático. Isso está correto?

          Como a minha demonstração se compara em termos de praticidade de uso com a sua experiência com as tvs da Sony tirando a parte de que os apps aparentemente não são acessíveis, ou para dizer de outra forma qual é a sua sensação do uso das duas nas áreas em que ambas funcionam bem em termos de praticidade e usabilidade?

  • Everaldo Carniel

    Muito bom! Estou querendo comprar uma Smart Tv e gostaria muito de saber quais modelos teriam este recurso. Fiquei sabendo que as Smarts que possuem Androyde que em a versão 4.2 em diante como a Samsung e a Sony seriam acessíveis. Vocês saberiam se isto é verdade? E televisores que possuem controle através de aplicativos que podem ser instalados em smartphones não poderiam ser acessíveis? Bem, se tiverem informações sobre isto e puderem me ajudar agradeço imensamente. Abraços.

    • Everaldo,

      Eu ainda não estou certo se a tv que eu fiz a demonstração roda Android. Mesmo algumas das TVs que rodam Android chamam o leitor de tela de guia de voz então eu tenho as minhas dúvidas se o talkback roda nelas e, se rodar, o quanto os apps são acessíveis.

      Você pode ouvir a demonstração que eu fiz da TV da Samsung e caso esteja interessado em outros modelos seguir o que o Geofilho comentou aqui nesse mesmo post.

      Com a ajuda de todos estamos levantando informações sobre outros modelos que eventualmente tenham acessibilidade, mas só posso falar mesmo do que eu tenho e foi esse que eu fiz o review …

      • O sistema da sua é Tizen. Acho que de todas as smarts da Samsung, se não me engano. E Android TV tem TalkBack. Guia de voz só as da Philips.

    • Everaldo, esses apps nada mais são que controle remoto. Não adianta muito, já que a única coisa que você vai ter nele são os botões, as informações vão continuar sendo exibidas na tela da TV, então se ela não tiver um leitor de nada adianta. Aliás, eu nunca consegui usar esses apps. Não achei que tem boa acessibilidade, a não ser o oficial da Google pra Android TVs. Esse eu consegui usar, mas no Android. Por não estar disponível na App Store do Brasil, não pude testar no iOS. não sei qual seu Smartphone… Na verdade, não estava disponível até o começo do ano. Pode ser que já esteja, mas não creio. O porque da demora não entendi até hoje.
      E as TVs acessíveis são as da Panasonic que o Geofilho relatou, algumas da Samsung que terão a mesma acessibilidade que você viu no podcast e as da Sony com Android, sendo as mais acessíveis, na minha opinião, mas também as mais caras.

      • Marcus, tenho uma Samsung 4 k 49′ curves..Sem querer esbarrei no controle e a acionou a voz… Estou aqui louca p descobrir como fiz e desligar …não estou conseguindo.. Mas a TV em si é excelente.. Estou adorando.. Posso controlar por meio do celular e não tb comprei um mini teclado .. Espero ter ajudado dado.. Agora vou ter que conseguir desligar e n sei como

        • Jussara,

          O apresentador deste episódio se chama Marlon … e quanto a sua dúvida, é só ouvir o episódio que mostramos direitinho como ativar e desativar o guia de voz para as TVs da Samsung!

  • Marlon,

    No podcast você disse que não conhecia modo mais fácil de ativar a audiodescrição.

    Já tentou usar a tecla verde? Normalmente essa tecla serve para mudar o idioma do programa (o terceiro idioma é a audiodescrição. E a tecla amarela serve para ativar a legenda para os surdos.

    Abraço

    • Opa! Essa é uma dica bem interessante. Vou tentar e te falo … mas acho que nenhum cego poderia concluir isso de imediato … o que significa que não é intuitivo. Se a tecla fosse lida como sap seria bem mais simples descobrir. Eu retorno aqui os resultados da tentativa.

    • Olá,

      Tentei apertar a tecla verde em um filme com AD mas nada aconteceu. Nem a trilha de áudio trocou e nem algum menu abriu, ou se abriu o guia de voz não foi capaz de ler.

      Vou pesquisar um pouco mais e se achar algo eu escrevo aqui.

  • Pingback: Nova geração de televisores acessíveis aos deficientes visuais | Blog de William Félix

  • Talvez eu não tenha sido claro ou não tenhas me compreendido…
    1. Tvs sansung e panasonic tem seus próprios leitores de tela que tem o nome de guia de voz. Sua própria plataforma e sua própria loja de aplicativos.
    2. Sony e Philips com android utilizam o leitor de tela nativo do android que é o talkback. Estas devem ter usado o android tv para construir essas smarts.
    3. O aplicativo do youtube que baixo na tv com android ou outro qualquer são os mesmos que uso no smartphone, pois a smarts com android, pelo menos a da sony pelo que parece usa a loja de aplicativos do próprio google.
    4. Sinceramente não entendi este comentário:
    “Fico, também, me perguntando a razão de alguém gravar áudios de demonstrações de recursos de TVs em lojas, o que é bem complicado porque lojas são ambientes bem corridos e com muito ruído externo e depois não divulgar essas gravações em algum portal ..”
    Acho que foi exatamente por isso que ele não quis publicar essa gravação pelo motivo que citou: “lojas são ambientes bem corridos e com muito ruído externo” Na gravação eu ouvia as orientações do vendedor e as perguntas que ele fazia. Até mesmo porque era uma gravação informal, o objetivo não era fazer uma matéria para publicar em canal A ou B. E se ele tivesse feito com esse objetivo, com certeza teria feito bem pois tem uma excelente didática e conhecimento em tecnologia.
    Mas se quiser, entre em contato comigo em privado que eu te passo o contato dele, se ele não tiver mais a gravação, acredito que ele não terá problemas em lhe relatar a experiência dele ou ou ele poderá lhe passar o endereço da loja onde ele foi bem atendido (isso se você morar em SP).
    5. Com certeza não deveríamos precisar de tanto esforço para descobir tais comandos nestes produtos, mas vamos ser realistas, às coisas não mudam do dia para a noite e até que grande parte dessas fabricantes realmente levem a acessibilidade a sério vai demorar muito, como eu não estive disposto a ficar esperando elas mudarem faço o que é possível para ter a informação.
    6. Eu pelo menos, quando vou comprar um produto, independente de estar procurando informações sobre acessibilidade ou não, sempre que possível baixo o manual para esclarecer algumas dúvidas que o vendedor não conseguiu esclarecer, ou como compro muito em lojas online, muitas vezes na descrição do produto não tem informações que gostaria de saber. Então, ler o manual para mim é importante independente de estar procurando informações sobre acessibilidade.
    7. As informações estão aí, se você tiver oportunidade de testar a sony com android ou uma panasonic com o guia de voz mais avançado será uma boa para os seus leitores.
    8. Só achei importante citar outras tvs de outras marcas e com outros sistemas com acessibilidade além da que você fez o review pois pelo que apresentou você não havia encontrado em suas pesquisas outras tvs com acessibilidade.
    9. Espero ter contribuído.

    • Olá Geofilho,

      Vamos então aos pontos que você levantou.

      1. Tvs sansung e panasonic tem seus próprios leitores de tela que tem o nome de guia de voz. Sua própria plataforma e sua própria loja de aplicativos.
      2. Sony e Philips com android utilizam o leitor de tela nativo do android que é o talkback. Estas devem ter usado o android tv para construir essas smarts.
      3. O aplicativo do youtube que baixo na tv com android ou outro qualquer são os mesmos que uso no smartphone, pois a smarts com android, pelo menos a da
      sony pelo que parece usa a loja de aplicativos do próprio google.

      Obrigado por sumarizar. A informação ficou de fato mais clara e, com sua permissão, vou ler esses pontos exatamente como estão no próximo episódio.

      4: ( …. ) Acho que foi exatamente por isso que ele não quis publicar essa gravação pelo motivo que citou: “lojas são ambientes bem corridos e com muito ruído externo”
      Na gravação eu ouvia as orientações do vendedor e as perguntas que ele fazia. Até mesmo porque era uma gravação informal, o objetivo não era fazer uma
      matéria para publicar em canal A ou B. E se ele tivesse feito com esse objetivo, com certeza teria feito bem pois tem uma excelente didática e conhecimento
      em tecnologia.

      Quero deixar claro que não tenho a menor ideia de quem seja seu amigo mas não tenho também a menor dúvida de que ele tenha excelente didática e conhecimentos em tecnologia. Não poderia criticar quem eu não conheço e, mesmo se eu fosse fazê-lo, jamais usaria a BlindTec para fazer qualquer crítica a nível pessoal. Apenas, novamente, me pergunto por curiosidade mesmo qual seria o motivo de fazer uma gravação, pois para mim seria bem mais rápido consultar notas ou mesmo uma espécie de relatório falado por mim mesmo para me recordar de algo em vez de gravar todo o processo de uso da tv. Mas entendo que meu tom talvez tenha sido meio pedante e solicito desculpas. Apenas me permiti escrever um pensamento que estava na cabeça.

      Quanto ao contato, quero sim. Vou te escrever pois estou bem curioso e se seu amigo quiser / puder falar, gravar, escrever ou ser entrevistado nossos leitores seriam muito beneficiados com isso.

      5. Com certeza não deveríamos precisar de tanto esforço para descobir tais comandos nestes produtos, mas vamos ser realistas, às coisas não mudam do dia para a noite e até que grande parte dessas fabricantes realmente levem a acessibilidade a sério vai demorar muito, como eu não estive disposto a ficar esperando elas mudarem faço o que é possível para ter a informação.

      Meu comentário não conflita com o seu. Eu concordo com o que você fez!Você se beneficiou dessa postura e eu e os outros ouvintes também posto que você nos relatou suas experiência sem que tivéssemos que fazer tudo o que você fez. Mas, novamente, se formos falar aqui sobre tecnologia assistiva, é nosso dever apontar as falhas das fabricantes no processo. Por isso o meu comentário. Em tempo: existe uma fabricante chamada Apple que não funciona exatamente assim risos .. É pena que eles não fabriquem as TVs mas fabriquem apenas a Apple TV. É pena, também, que seus produtos sejam muitas vezes mais caros do que o razoável. E, finalmente, é pena que empresas que investiram muito em acessibilidade, como foi o caso da Samsung, tenham falhado ao documentar e / ou implementar recursos simples, pois colocar de maneira clara em uma página de acessibilidade a maneira de ligar o voice guide ou mesmo implementar esse recurso certamente custaria uma parte infinitamente pequena do que custou desenvolver o próprio voice guide.

      6. Eu pelo menos, quando vou comprar um produto, independente de estar procurando informações sobre acessibilidade ou não, sempre que possível baixo o
      manual para esclarecer algumas dúvidas que o vendedor não conseguiu esclarecer, ou como compro muito em lojas online, muitas vezes na descrição do produto
      não tem informações que gostaria de saber. Então, ler o manual para mim é importante independente de estar procurando informações sobre acessibilidade.

      Novamente, concordo. A maioria dos aparelhos eletrônicos costuma ter um guia rápido para quem quer apenas ligar a coisa e sair usando e um manual bem mais completo para quem prefere saber todos os detalhes. Eu esperava que a parte de acessibilidade, como recurso essencial, estivesse no guia rápido, ao menos a maneira de ativar o leitor de telas.
      Mas parece que as informações estão em outro lugar, de maneira bem pouco esclarecedora. Que dirá o manual da TV da Samsung que fala bem vagamente da maneira de ativar o leitor e ainda com uma figura.
      Um dia eu gostei de ler manuais. Hoje eu prefiro apenas ler o guia rápido e descobrir como funcionam determinadas coisas quando vou precisando delas. Entretanto veja que ambos, você gostando de ler manuais e eu gostando de saber o essencial, fomos mal atendidos no caso da Samsung e isso não está certo de maneira alguma.

      7. As informações estão aí, se você tiver oportunidade de testar a sony com android ou uma panasonic com o guia de voz mais avançado será uma boa para
      os seus leitores.

      Obrigado pelas informações. Eu apenas vou ter a oportunidade de testar se alguém me mostrar esses aparelhos. Mas a BlindTec é um projeto colaborativo, então se você ou alguém puder fazer a review eu publico aqui sem problemas.
      Se você ouvir outros episódios, vai perceber que sempre solicito que pessoas contribuam com materiais, pautas e coisas assim. Isso continua em pé. Estou longe de ser a autoridade máxima em TVs acessíveis, como é evidente. Quanto mais informações pudermos ter tanto melhor para todo mundo. E, ao menos nesse episódio, não são meus leitores: são nossos leitores, pois você contribuiu tanto quanto eu no desenvolvimento do mesmo.

      8. Só achei importante citar outras tvs de outras marcas e com outros sistemas com acessibilidade além da que você fez o review pois pelo que apresentou
      você não havia encontrado em suas pesquisas outras tvs com acessibilidade.

      9. Espero ter contribuído.

      Tenha certeza de que você contribuiu. A BlindTec tenta chegar a uma situação em que pessoas com algo a dizer sobre qualquer tecnologia assistiva possam fazê-lo. Se quiser escrever artigos fique a vontade. Se quiser continuar a comentar, fique a vontade. O portal, mais do que por mim que atualmente quase nem tenho tanto tempo para produzir episódios, é feito por vocês.

      Ainda outra vez muito obrigado por comentar e colaborar com o artigo

      • Entrei em contato com o amigo citado, a tv da sony que citei ele testou na fast do shopping Paulista e nas casas Bahia do shopping Plaza Sul em SP SP.

  • Olá equipe do BlindTec,
    Primeiramente, desculpe a ignorância da minha parte, mas eu não conhecia o trabalho de vocês. Graças à um link compartilhado no Facebook cheguei até vocês.
    Comecei por este último podcast e devo dizer que a qualidade é excelente.

    No podcast, curti muito a trilha sonora, principalmente a música de abertura do seriado anos incríveis.

    Quanto ao review em si, achei a demonstração bem efetiva e objetiva, dando aos interessados a oportunidade de conhecer o produto e tirar suas próprias conclusões se vale ou não a pena botar seu rico dinheirinho neste produto.

    Parabéns e voltarei mais vez aqui para comentar.
    Abraços!

    • Olá, Ricardo.
      Muito obrigado pelo seu comentário. Te convidamos a ouvir os episódios anteriores, pois a grande maioria deles É bem atual. se você ouvir alguns desses episódios, vai perceber que a BlindTec teve sempre a premissa de ajudar as pessoas a ter opiniões próprias em vez de empurrar as opiniões de qualquer um dos editores para cima destas pessoas. O seu comentário mostra que graças a Deus nós estamos atingindo este objetivo !!

  • Pingback: BlindTec 22 - JAWS 18. Orbit Reader e novidades Apple - BlindTec

  • Sobre a ativação da acessibilidade em smart tvs da sansung, veja essa mensagem que li na lista eyes-free:
    “Hi,

    I wanted to pass along some info about the Samsung voice guide for tvs
    of 52 inches and larger.  Its easy to turn the voice guide on and off
    just by holding the remotes volume bar down for a few seconds and that
    opens Samsung’s accessibility menu with voice on.  You can then just
    turn voice guide on or off.  The voice guide can sometimes become
    annoying as info keeps popping up from time to time that I don’t want to
    hear, so I just temporarily turn off the voice guide.

    Bob, K8LR”

    Fonte:
    https://groups.google.com/forum/#!forum/eyes-free

  • Esse excelente iniciativa de demonstrar TV.s, comentar sobre chromcast e Apple TV. Parabens.

  • Jeferson Gonçalves (Jefinho)

    Fala galera do BlindTec, acabei de adquiri uma TV da Samsung, modelo UN40K5300A, chegou hoje mesmo, segunda-feira (19). Baixei o manual da TV do próprio site da empresa, e descobri rapidamente como se ativa e desativa o guia de voz: basta pressionar o botão mudo do controle remoto que as opções de acessibilidade aparecem e o guia de voz começa a falar automaticamente. Daí, só devemos ativá-lo, porque apesar do guia de voz começar a falar, o mesmo ainda não estará ativado caso a gente saia daquelas opções.
    Eu não fiz a configuração inicial sozinho, pois só depois que a TV já estava configurada, que eu fiz o download do manual, mas acredito que através desse atalho de acessibilidade, o guia de voz seja ativado durante as configurações iniciais sem nenhum problema.
    No mais, os aplicativos que eu testei, como netflix, spotify e youtube não são acessíveis, pelo menos eu não consegui utilizá-los. Talvez com o login feito tenha um pouco de acessibilidade. Mas nesse sentido está ok, pois possuo uma Apple TV e um chromecast para tornar a tv plenamente acessível.
    Espero ter ajudado. Abraços.

  • Fala galera! Alguém pode me indicar um modelo de tv samsumg 32 polegadas com guia de voz?

  • Mateus Pereira dos Santos

    Olá gente! Meus parabéns pela linda iniciativa! Estou ligando para vários SAC de marcas pois quero que meu celular dialogue com meus aparelhos domésticos e acho que uma conexão bluetooth e um APP, resolveriam o problema e não entendo como ninguém pensou nisso ainda. Fico grato por qualquer ajuda! Grande abraço!

    • Olá Mateus!

      O que você está procurando é o conceito de internet das coisas e essa é uma tendência para o futuro.

      Para deficientes visuais as possibilidades de termos um único aparelho controlando uma porção de outros, como seria o celular controlando os demais aparelhos de uma residência, trás excelentes perspectivas, pois apenas o celular e as apps de controle precisarão ser acessíveis.

      A própria Apple disponibiliza no iOS Versão 10 e superiores um aplicativo chamado casa que pode controlar aparelhos que sigam os protocolos especificados pela empresa da Maçã e que na teoria permite que esses dispositivos sejam controlados pelo iPhone ou iPad.

      Entretanto, não se trata de algo que pode ser simplesmente implementado então acredito que ligar para fabricantes e pedir que os aparelhos atuais sejam controlados por dispositivos móveis não será muito efetivo. Precisaremos esperar que as fabricantes adotem a tendência e isso vai funcionar a partir do ponto em que as pessoas queiram isso.

      Esse é um excelente tema para um episódio do BlindHighTec e anotamos aqui para abordá-lo, então fique ligado porque muuito mais vai ser dito a esse respeito aqui no podcast.

      Obrigado pelo comentário

  • Comprei a Smart TV Panasonic Viera 600b mesmo, mas percebi ser bem limitado o guia de voz nela. Como sou recente no uso da marca e do modelo, se alguém tiver a TV e puder me dar algumas dicas sobre o que eu posso fazer com o voice guidance na função smart, já que no menu da tv ela não lê. Queria saber as teclas pra usar o web brouser e se existe mais algum App nela instalado que seja acessível mesmo que parcial.

  • Olá, em 2016 a Philco lançou os modelos PH32E20DSGWA, PH40E20DSGWA, PH49E20DSGWA e PH55E20DSGWA. Todas com sistema Android, e preço bem acessível. Quanto a acessibilidade, ainda não testei, mais acredito que deve ser igual a os smartphones, pois pelo que pesquisei elas tem o sistema Android praticamente puro. Vou perguntar a uma pessoa que tem um dos modelos para saber se o talckback já vem instalado e se ele ler bem o conteúdo da TV e seus aplicativos. A Philco não tem um bom histórico como marca, mas, me paresse que eles acertaram nestes modelos, pois a a maioria das opiniões de compradores são positivas. De toda forma está aí os modelos para quem tiver a oportunidade de testar. Meus comprimentos.

  • João Vitor Sarmento

    Olá glera. mrlon, sabe me dizer se uma atualização do istema resolve? minha ma~e falou que se a do quarto tiver o guia e voz ela troca comigo, só que no caso é de 32 polegadas. a única que j´v eio com oleitor foi a de 40 que fica na sala, mas ela não quer trocar pq é muito grande, e não ta errrada não! então, atualizando o istema resolve? desde já, obigado!

  • Pingback: BlindTec Extra 10 - Retrospectiva 2016 - Parte III - BlindTec

  • Pingback: BlindTec 25 - Netflix acessível com o guia de voz em SMART TVs Samsung - BlindTec

  • Olá pessoal, voces publicaram em algum lugar uma listinha dos modelos de smart TVs acessíveis, com guia de voz? Facilitaria bastante, pois assim não precisamos ficar baixando e lendo o manual de cada modelo. Estou interessada na Smart TV LED 40” Samsung Full HD Gamer UN40J5500 – Alguém tem esse modelo, sabe se vem com o guia de voz de fábrica instalado, como ativá-lo e se os demais apps são acessíveis ou onde posso baixar apps acessíveis para ela? Desculpa tantas dúvidas, sou nova no mundo das smart TVs, fico no aguardo por qualquer orientação! Giza CWB

    • Olá, Giza!

      Fico muito feliz que tenha encontrado o nosso portal e espero que você possa acompanhar também todos os outros episódios do podcast e demais materiais que produzimos. Por favor, fique a vontade para nos mandar sugestões e críticas e também sugerir novas pautas. Para responder a sua questão, seria muito complicado para nós publicarmos uma lista dos modelos da Samsung que suportam o guia de voz.. se você ouvir o episódio, vai verificar que falamos bastante sobre as dificuldades que nós próprios tivemos para acessar esta informação e também vai entender qual foi a estratégia que usamos para ver se e quais das Tevez disponíveis ofereciam este tipo de funcionalidade. Como não temos qualquer participação ou influência nas coisas que a Samsung produz, teríamos que pesquisar constantemente por listas de modelos e também atualização de preços e ficar atualizando o episódio, algo que não está dentro das possibilidades e também da proposta deste portal.. Procurar preços é chato, mas isso qualquer buscador ajuda a encontrar. Da mesma forma, ler manuais que estão disponíveis na internet é algo que todos nós podemos fazer.. Ou então simplesmente conversar com a fabricante e verificar quais dos modelos estão disponíveis com a especificação desejada. O que você não encontra em outro lugar, é a demonstração do uso do guia de voz e este é o material exclusivo que trazemos para nossos ouvintes. Esse tipo de coisa assim precisa ser feito pois não há outra maneira de descobrir se alguém não demonstrar.

      Ainda sobre o assunto, Aqui está outro episódio em que demonstramos o uso da Netflix que agora está acesível para uso com o guia de voz.

      Veja, se a fabricante nos mandasse uma lista já com todos os modelos, não nos importaríamos de publicar.. Apenas não temos tempo para ficar pesquisando sempre por mudanças e atualizações na linha e precisamos nos concentrar em demonstrar mais coisas de grande utilidade em vez de ficar fazendo esse tipo de pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda o desafio abaixo * Tempo limite espirado. Por favor recarregue o desafio