BlindTec Express 07 – Novidades do JAWS e considerações sobre o iOS 11

Salve, galera!

Neste episódio, Marlon Sousa (Splyt) fala bastante sobre novidades do JAWS for Windows, nosso leitor de telas comercial preferido (até mesmo porque é praticamente o único disponível), e também faz algumas considerações sobre a recente atualização do iOS e outras cossitas mas.

Além disso, explicamos para vocês a razão de o podcast ter saído do ar por um mês, mesmo que tenhamos feito nossa lição de casa para que isso não acontecesse.

Então afie as mandíbulas, e boa navegação no Windows para todo mundo!

Considerações iniciais

Nos segue aí, vai!

Muitos de vocês talvez não saibam, mas tem uma série de discussões, vídeos e outros conteúdos que postamos e que, por razões de tempo, não vem para o podcast. Recomendamos que vocês sigam nossa página no Facebook, pois publicamos quase que semanalmente vídeos falando rápidos drops sobre coisinhas que acontecem e que nos sigam no Twitter, pois discussão direta com os ouvintes rola mais por lá do que por e-mails.
Como você faz para nos encontrar? Nossa página no Facebook está em https://www.facebook.com/oficialBlindtec e você nos encontra no Twitter em @oficialBlindtec. Nos sigam lá, que vai ser legal!

Nosso nome é trabalho!

Já de volta das férias e trabalhando a todo o vapor para contar, em primeira mão, tudo o que rolou na nossa viagem, de um modo que ainda ninguém fez para deficientes visuais. Esta é a missão perseguida pela Atena, com este que vos tecla no apoio técnico e de produção. Fiquem ligados no Blindando, abordando o entretenimento e viagens para deficientes visuais de uma maneira que você nunca ouviu falar, para mais detalhes. A, aproveita que você já está com o Facebook aberto e curta a página do Blindando, em https://www.facebook.com/oficialBlindando, para ser avisado do lançamento dos episódios.

PodProgramar?

Claro que sim, não só pod como para mim até deve! Mas se você acha que eu sou descuidado e escrevi tudo errado, saiba que ainda não foi desta vez.

PodProgramar é o nome de um podcast sensacional conduzido pela Jéssica e pela Ana, a quem eu conheci em Belo Horizonte quando fiz minha palestra no DevDay no começo de Setembro.

O podcast é fantástico e uma boa novidade é que o Alexandre Santos Costa (MR Magoo) e este que vos tecla foram convidados para participar do episódio 20, sobre tecnologias assistivas. E uma novidade melhor ainda é que este episódio já foi para o ar!

Então corra lá e ouça, pois conversamos com as meninas de forma descontraída e, em um papo super legal, mostramos como tecnologia pode mudar vidas!

Ouvintes furiosos perguntam: a BlindTec ainda existe?

Tivemos dois episódios previstos e gravados para exibir enquanto estávamos em férias. Mas houve falhas no processo de edição e publicação que não conseguimos remediar … porque … bem, estávamos em férias, risos.
Pedimos desculpas pelo inconveniente e apenas queremos deixar claro que trabalhamos duro para gravar os episódios, porém tivemos lamentavelmente falhas que não pudemos corrigir em tempo. Mas estamos de volta, e isso é o que está valendo!

Diga-me com qual leitor de telas tu andas e eu te direi as tendências para seu futuro

E está no ar a sétima pesquisa sobre uso de leitores de tela da WebAIN. Se puder pedir algo a vocês é que respondam clicando no link acima, pois esta é a única fonte independente que existe sobre o assunto. Assim, desenvolvedores, pesquisadores, executivos, professores, investidores e a própria indústria da tecnologia assistiva estão olhando para esses dados para executarem suas tarefas ou tomarem decisões, e você é parte importante deste processo.
As perguntas estão em inglês, mas não são tão complicadas e os dados são, claro, anônimos. Se precisar de ajuda, escreva para a gente que podemos tentar facilitar de alguma forma. O importante é colaborar com essa fantástica e inestimável iniciativa!

A mordida na maçã que não se esquece o gosto

E a Apple continua a fazer suas estripolias em mais uma grande atualização dos seus sistemas operacionais.

Frustrando minhas expectativas, o número e os tipos de bugs de acessibilidade superaram bastante os da release anterior do sistema, mas estamos de volta das férias e tentando olhar as coisas de maneira mais positiva.

Assim, fica aqui um texto super legal do Dicas Appple que trás boa parte das novidades de acessibilidade do iOS 11 e aqui o artigo da AppleVis com o mesmo intuito, em inglês.

Atualizar ou não?

Antes de tomar a decisão, veja aqui a lista de bugs compilada pela AppleVis. Junte-se a esses os fatos de que na release 11.0.2 o rotor está absolutamente inconsistente no aplicativo Mail, o que faz a vida de quem atualizou e depende deste ap consideravelmente mais chata e de que a bateria, baby, está drenando que só conferindo. Isso faz com que minha decisão pessoal seja esperar até ao menos a 11.1. já em beta, para ver se a galera de Cupertino troca a maçã azeda que mandaram para quem depende do VoiceOver por uma maçã do amor.

Corram, tubarão!

E temos muitas novidades sobre o JAWS para compartilhar com vocês.

Novidades mais ou menos novas

A Build da versão 18 de setembro de 2017 trás pela primeira vez, se bem que ainda desligado por padrão, um suporte parcial ao Microsoft Edge, quase dois anos depois da sua debuta junto com o Windows 10.
Para entender um pouco mais sobre as razões de tanta demora e tanto cuidado com esse suporte, o episódio 137 do podcast FSCast trás uma entrevista esclarecedora (em inglês) com um dos engenheiros chefes de desenvolvimento que, para quem se interessa por funcionamento interno de leitores de tela, vale a pena ouvir. Mais informações são fornecidas no episódio 142 do mesmo podcast. Ambos os episódios podem ser baixados na página oficial do FSCast.
Além disso, bugs com o audacity e também com o Outlook 365 foram corrigidos e, no mais, esta será a única build da versão 18 do nosso intrépido e caro leitor de telas a oferecer suporte ao Firefox 57, que espera-se que seja anunciado no próximo mês de Novembro.
Essa notícia é importante porque usuários dependentes de versões anteriores a 18 ou que não queiram atualizar a 18 para esta build perderão, em teoria, o acesso ao navegador que me parece o melhor para usar no Windows 10. Talvez valha a pena desabilitar as atualizações automáticas do Firefox se você estiver nesta situação.

Novidades novas

Enquanto isso, a versão 19 do JAWS está saindo do forno,só que esta se chamará 2018 (tente não confundir com a versão 18). Este é o novo esquema de versionamento para todos os softwares da VFO group, estabelecido afim de dar mais visibilidade sobre o ano de lançamento e também equalizar expectativas em torno da linha de produtos. Funciona assim: ao final de cada ano, será lançada uma versão com o nome do ano seguinte, portanto ao final de 2017 será lançada a versão 2018.

As principais novidades que vem por aí são, de acordo com o FSCast 143 (em inglês), a integração das vozes do Windows 10 com o leitor de telas, além do Convenient OCR agora aceitar imput das próprias câmeras Pearl produzidas pelo grupo e de scanners de mesa regulares. Também será possível reconhecer texto de imagens via menu contextual no Explorer, sem nem ao menos ter que abrir o arquivo.
O JAWS Runtime, usado para permitir que o instalador do JAWS funcionasse de maneira acessível, está sendo substituído por um sistema de self voicing no próprio instalador, deixando portanto de existir. Entretanto, se houver alguma versão anterior do JAWS instalada, ela será usada em detrimento do sistema autônomo para dar suporte ao instalador.
Aliás, instalador este que, segundo a entrevista, será mais modularizado, o que fará com que atualizações também sejam distribuídas de maneira menor e, consequentemente, mais rápida.
Além disso, nos chamou a atenção o fato de que agora será possível escolher ou construir níveis de verbosidade para o cursor virtual independentemente do nível de verbosidade geral e que esses níveis poderão ser configurados de maneira diferente para cada site, o que poderá abrir um grande número de possibilidades para otimizar a maneira que você navega.
O comando ins + b, para ler todo o conteúdo de um diálogo, irá funcionar em aplicativos modernos do Windows, eeeba!
Por fim, sempre ele, o suporte ao edge, se bem que no estado mais ou menos limitado em que este se encontra, já vem integrado e ativo por padrão na versão 2018.

Nota técnica

O Marco Zehe, referência em acessibilidade em navegação web, também entrou na discussão sobre buffers virtuais e aplicações modernas para a internet. Se você se interessa pelo assunto, vale apena conferir o artigo que ele publicou em seu blog, em inglês.

Ajuda a caminho!

Quem assistiu aos vídeos que publicamos no Facebook já sabia, e agora é oficial: temos o Be My Eyes agora  disponível para Android! Esta notícia é muito boa pois, embora o número de cegos com Android e com iOS ainda esteja meio equiparado, certamente o número de possíveis voluntários de língua portuguesa aumentará bastante, já que entre as pessoas videntes ao menos no Brasil o número de usuários de Android é muito maior do que o de usuários da Apple.

E acabou-se, é tão somente tudo isso

Mas não sem antes dar mais dois recados.

Retribuições

Estava acessando a wikipedia e recebi uma informação de que eles precisam de dinheiro para continuara operar no Brasil. O fato de que eu estava buscando por um artigo para me ajudar a resolver um problema profissional completou o tapa na cara que eu levei. Minha reação? Doei um pouquinho de dinheiro. Porque esses caras precisam, e porque eu gosto do trabalho deles. A mesma coisa vale para a Mozilla, para o NVDA e para tantos outros projetos dos quais nos beneficiamos todos os dias e que dependem em maior ou menor quantidade das nossas doações. Então, escolha aí um projeto que você goste e doe um pouquinho de dinheiro. O mundo fica melhor e você ajuda a garantir que este projeto continue a existir. Não precisa ser pouca gente doando muito dinheiro, precisa ser muita gente doando pouco dinheiro. Acredite, isso faz completamente a diferença para você e para muitos outros!

Outubro Rosa

Outro dos assuntos que abordamos em vídeos no facebook e que precisamos falar aqui. Você sabia que câncer de mama pode ter cura se diagnosticado precocemente? E sabia que este diagnóstico parte do auto exame, procedimento no qual as mulheres apalpam os próprios seios a procura de algo diferente e, caso encontrem, mostram ao médico?
Este passo, junto aos exames de rotina, é essencial para que cada vez menos pessoas sofram as consequências desta doença. E depende de você fazer a diferença nesta luta! Se você for mulher, conheça seu corpo. Faça o auto exame e consulte seu médico regularmente. Não tenha vergonha de conhecer seu próprio corpo, se não for por qualquer outra razão, ao menos pela sua própria saúde e para seu próprio bem-estar também. Se for homem, estimule sua mãe, namorada, noiva, filha, esposa, amiga e até mesmo sua sogra a fazer o auto exame e a se cuidar. Gente feliz é gente que vive bem e que se cuida.

 

Esperamos que você goste do episódio e que comente, critique, sugira e nos ajude a continuar fazendo da tecnologia assistiva algo cada vez mais ao alcance de todos!

© Copyright BlindTec 2017, todos os direitos reservados.
Para mais detalhes, consulte a página de direitos autorais do portal.
Gostou do post? Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Google+Share on LinkedIn

3 comentários

  • Fala aí Blindtequers!

    Primeiramente, o texto do post está bem leve e divertido.
    Segundamente, o que mais me pegou nesse episódio, foi o lance da doação. Me dei conta que sempre passo batido nesse quesito, o que de certo modo, é uma responsabilidade da nossa parte em manter projetos que gostamos.

    Pensei em fazer uma doação, ao final de cada ano, para a NV Access, Fundação Mozilla e a Wikimídia.

    Valeu por me dar esse tapa na cada! risos.

    Abraços!

    • Opa,

      Valeu. A série BlindTec Express é sempre muito densa, pois nela concentramos as notícias sobre tecnologia assistiva que precisam ser dadss em português.

      Mas falar puramente de tecnologia assistiva é sempre algo pesado, ainda mais que, normalmente, sou apenas eu falando. Por isso você vai ver resumos sempre leves e bem humorados nos textos que acompanham o episódio para referência e sempre vai ouvir os episódios com boa seleção musical, dentro do que é possível para mim, porque precisamos falar sobre tecnologia assistiva e, se precisamos fazê-lo, vamos tratar da coisa de uma maneira leve e agradável para todo mundo.

      Valeu pelo feedback e muito obrigado por comentar, isso é muito importante para a gente.

      Se ligue também no facebook para vídeos rápidos e outras novidades e no twitter para conversar com a gente em uma base mais diária … instruções no post!

  • Pingback: BlindTec 27 - como aumentar sua autonomia com o uso do aplicativo Seeing Ai para iOS - BlindTec

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda o desafio abaixo * Tempo limite espirado. Por favor recarregue o desafio